Prefeitura abre licitação de R$ 6 milhões para contratar profissionais terceirizados para secretaria em Sinop

A prefeitura de Sinop abriu licitação para contratação de uma empresa especializada na prestação de serviços terceirizados para a Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura. O valor total do certame é estimado em R$ 6,4 milhões e o objetivo é a terceirização dos cargos de porteiro, motorista, monitor de ônibus, intérprete de Libras e instrutor para surdos. Também serão contratados profissionais para as áreas de limpeza, conservação e cozinha.

Para a limpeza dos prédios da secretaria e unidades escolares é prevista a contratação de até 60 pessoas, com valor anual estimado em R$ 2,5 milhões. Para cozinha, podem ser chamados até 50 terceirizados, com valor de R$ 1,9 milhão por ano. Para os cargo de porteiro, motorista e monitor de ônibus escolar, intérprete de Libras e instrutor para alfabetização de surdos é prevista a a admissão de até 12 funcionários (para cada uma das áreas).

O certame é realizado na modalidade pregão presencial e resultará numa ata de registro de preços. Isso significa que a Secretaria de Educação poderá não contratar todos os serviços licitados e chamar os profissionais apenas conforme a demanda for surgindo. Desta forma, o valor de R$ 6,4 milhões (que ainda poderá ser variável de acordo com as propostas das empresas) é o total estimado caso todas as contratações sejam efetivadas.

Na justificativa, a prefeitura alega que o objetivo é “a conciliação entre os menores custos possíveis da contratação e o atendimento adequado das necessidades da administração. Buscando sempre a prática dos princípios da eficiência e efetividade, quando se tenta alcançar a alta produtividade, agilidade, qualidade, segurança e máxima perfeição do trabalho”.

A administração justifica também “que não há no quadro número suficiente de servidores e por não se tratar de atividade fim, e sim de atividade meio, a terceirização dos referidos serviços é o meio mais adequado para atingirmos a meta almejada, pois que, busca-se desta forma o atendimento aos princípios da economicidade e eficiência, bem como um elevado padrão na satisfação do interesse público”.

As propostas das empresas serão recebidas no dia 1º de março. A ata de registro de preços será válida por um ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acompanhe nossas últimas atualizações