Durante a assinatura da ordem de serviço para o inicio de construção de praças em Simões Filho, na última sexta-feira (22), o prefeito Diógenes Tolentino anunciou diversas outras conquistas que nos próximos meses deverão ser entregues à população.

Em sua fala, o prefeito lembrou-se da retirada do município do Cadastro único de Convênios (CAUC), o que ele considera uma das principais resoluções da sua administração, tendo em vista que, com a situação de inadimplência, a prefeitura estava impossibilitada de adquirir novos investimentos financeiros.

Dinha disse que depois que o município saiu do CAUC, representantes de algumas instituições financeiras como Caixa Econômica e Banco do Brasil tem frequentado o seu gabinete com certa frequência, no sentido de oferecer a contratação de créditos, o que há nove meses não era possível.

“Em apenas nove meses de governo hoje eu recebo em meu gabinete gerentes do Banco do Brasil e da Caixa. Eles não vão lá pra me cobrar o dinheiro que está devendo não. Eles vão ao meu gabinete pra oferecer dinheiro pro município de Simões Filho”, ressaltou ele.

De acordo com o prefeito, será sim contratada uma linha de crédito para a aquisição de um tomógrafo para o Hospital Municipal, além de equipamentos para a Unidade de Pronto atendimento (UPA), com o intuito de facilitar a vida do munícipe e oferecer uma saúde pública de qualidade.

“Nós vamos na próxima semana ter uma reunião com o gerente do Banco do Brasil e eu já disse a ele que nós vamos tomar sim um dinheiro emprestado, mas é para oferecer uma vida melhor pro nosso povo. Pra acabar com essa humilhação do povo ficar se deslocando para Salvador e pra Camaçari, nós vamos comprar um tomógrafo”, disparou o alcaide.

Outro assunto que também foi tocado durante a solenidade, é com relação ao transporte municipal. Segundo Dinha, já nos próximos dias será encaminhado para a Câmara de vereadores o projeto de lei que permitirá a licitação para a contração da nova empresa, incluindo também a uniformização dos mototaxistas.

“Nós já estamos bem encaminhados. Nos próximos dias estaremos mandando o projeto para a Câmara de Vereadores e eles deveram analisar a Lei de Transporte Urbano. Após a aprovação, ela ainda terá um prazo pra gente licitar.

Dinha disse ainda que, embora muitos tenham subestimado sua capacidade de governar, ele tem muita confiança de que outras conquistas virão, e que seu governo será reconhecido como um dos melhores, especialmente pela sua fé em Deus e vontade de governar para toda a cidade.

“Eles subestimaram minha capacidade de governar, mas eu me levanto todos os dias pela manhã não pelas minhas forças físicas, mas eu me levanto pela força de meu pai que está no céu. Eu não confio na minha inteligência, nem nos vereadores, nem no meu vice-prefeito, nem nos meus secretários, eu confio primeiramente em Deus, para que através de nós possa fazer o melhor para a Boa Terra, da Boa Gente”, finalizou.