Licitação do rotativo está marcada para janeiro

A concessão do serviço público de estacionamento rotativo público pago de Cachoeiro de Itapemirim será licitada no dia 9 de janeiro a partir das 10h00. É a segunda vez que o município tenta fazer a concessão. Na primeira, o processo foi questionado no Tribunal de Contas e precisou ser refeito. Segundo o secretário do Governo, Weydson Ferreira, os problemas foram sanados.

Na semana passada, o secretário municipal de Transportes, Jonei Petri, listou como um dos trunfos para que o cidadão deixe em casa o veículo e embarque nos ônibus – o sistema de transporte coletivo está em crise -, a reimplantação do estacionamento rotativo nas ruas centrais do município, com tarifa mínima igual ao valor da passagem, hoje fixada em R$ 3,20.

Ao todo, passarão a ser cobradas por hora de permanência 2.186 vagas de estacionamento, sendo 1.767 para carros e 419 para motos. Desde março de 2016, quando o serviço foi encerrado, o município não dispõe de estacionamento rotativo. Com a ausência do estado, as vagas foram tomadas pelos flanelinhas.

O estacionamento rotativo foi implantado em Cachoeiro em 1994. No entanto, a prefeitura suspendeu o serviço no dia 23 de março de 2016. Na ocasião, o Ministério Público questionava a concessão do serviço sem licitação.

Em janeiro, a prefeitura deu início ao processo de licitação. Duas empresas chegaram a ser classificadas, mas em julho o processo foi cancelado, pouco tempo após o Tribunal de Contas do Espírito Santo apontar falhas no edital. O rotativo funcionou por 22 anos em Cachoeiro sob a administração do Hospital Infantil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acompanhe nossas últimas atualizações