Notícias

Governo anuncia licitação da nova maternidade para 20 de janeiro

28/12/2016 | |

Publicação do portal Cidade Verde do dia 28 de Dezembro de 2016.

Governo anuncia licitação da nova maternidade para 20 de janeiro

A licitação que definirá a empresa que vai construir a nova maternidade de Teresina já tem data para acontecer: será dia 20 de janeiro do próximo ano. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (28) pelo secretário de saúde, Francisco Costa. O empreendimento ficará localizado na Avenida Presidente Kennedy, onde funcionou o clube Tigrão.

“Dia 20 de janeiro vai acontecer a licitação da nova maternidade de Teresina. Uma estrutura nova, maior e a proposta é substituir a maternidade Evangelina Rosa”, disse o gestor em entrevista ao Jornal do Piauí, da TV Cidade Verde.

A expectativa é que e a nova maternidade dobre a capacidade de atendimento em unidade de tratamento intensivo. Somente em UTI adulta, serão 20 unidades, assim como 30 leitos de UTI neonatal. Além desses, 45 leitos de Cuidados Intermediários e 20 de leitos Intermediários Canguru, que é um espaço para acolhimento de mãe e bebê. Serão 105 leitos para tratamento intensivo.

“A expectativa é fluir bem esse licitação e  ter uma construtora com condiçoes de pegar essa obra”, afirma Costa.

A nova maternidade deve ser construída em 24 meses. O secretário garante que o governo já tem R$ 25 milhões em caixa para começar a obra. Ao todo, a obra deve custar R$ 80 milhões. “Já temos parte do dinheiro, R$ 25 milhões, em conta. Serão 7 andares que, no total, somam 26.000 m² de área. A Evangelina Rosa são 8.000 m²”, explica o secretário.

“Quando a estrutura tiver totalmente pronta, não tem a necessidade de ter duas”, concluiu.

A nova maternidade teve projeto inicial elaborado no segundo governo de Wellington Dias, na gestão do deputado federal Assis Carvalho. À época, a maternidade seria construída nas imediações da Maternidade Dona Evangelina Rosa. No governo do Wilson Martins (PSB), o projeto foi reformulado. Por recomendação do Tribunal de Contas da União, a licitação foi cancelada.

A retomada do projeto se deu em 2015, quando a Secretaria de Saúde apresentou as adequações ao Ministério da Saúde e Caixa.

Governo anuncia licitação da nova maternidade para 20 de janeiro