Destinadas ao estado de São Paulo. Custo deverá ser de aproximadamente R$ 700 mil

A demora no processo de informatização da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) no estado de São Paulo e a necessidade de manter um estoque de segurança levaram o Ministério do Trabalho a abrir uma licitação a fim de encomendar 1,5 milhão de cadernetas impressas. O governo deverá gastar quase R$ 700 mil.

O estado de São Paulo responde por 20% do total de emissões da CTPS no país. Todos os meses são emitidas cerca de 100 mil cadernetas.

De acordo com o ministério, a reposição do estoque é necessária para evitar o desabastecimento e “episódios que podem trazer enorme desgaste a esta pasta”