Artigos

Licitação

Concorrência Pública — Como Funciona?

Concorrência Pública — Como Funciona?

Concorrência Pública é uma modalidade da licitação utilizada para contratações de qualquer valor. Ficou interessado e quer saber mais acerca do assunto? Continue a leitura e entenda como fazer sua empresa lucrar por meio deste procedimento.

O que é Concorrência Pública?

Como citamos brevemente acima, a Concorrência Pública é uma modalidade licitatória utilizada pela Administração Pública para compras de produtos ou serviços de qualquer valor. Não há limite de valores para sua utilização.

A título de curiosidade — já que neste artigo focaremos apenas na Concorrência —, ao todo existem sete modalidades de licitações e cada uma delas possui características específicas. São elas:

  • Concorrência;
  • Tomada de Preços;
  • Convite;
  • Concurso;
  • Leilão;
  • Pregão.

A Concorrência foi a primeira modalidade citada na Lei 8.666. Ela pode ser utilizada em licitações de qualquer valor, porém, nos casos em que a compra ultrapassa a marca de R$ 3.300.00,00 em obras e serviços de engenharia ou R$ 1.430.000.00 mil em compras gerais, a Concorrência Pública torna-se obrigatória.

Como funciona a Concorrência Pública?

Assim como todas as modalidades, é primordial que você preste muita atenção no edital. Afinal, lá constam todas as informações e orientações acerca das regras da Concorrência Pública, como por exemplo: quantidade de lotes, forma de pagamento e descrição dos itens que serão contratados.

A categoria apresenta cinco fases para a concretização do negócio:

  1. abertura;
  2. habilitação — análise da documentação dos licitantes;
  3. classificação e julgamento das propostas — ocorre a abertura dos envelopes contendo as propostas dos participantes, onde são examinados e rubricados pelos licitantes e também pela comissão de licitação;
  4. homologação — após o julgamento, a comissão remete o processo à autoridade superior para homologação mediante ao controle de legalidade. Caso alguma fase esteja irregular, o procedimento não será homologado;
  5. adjudicação — a autoridade superior competente, após a homologação, atribui o objeto da licitação ao vencedor, sendo o ato final do procedimento.

Conheça o ConLicitação

Está pensando em participar de uma licitação? Então te convidamos para conhecer os serviços do ConLicitação.

Isso porque, aqui, você encontra advogados especializados no assunto que irão conduzir você para a vitória do certame, contato com todo expertise no assunto para orientá-los com as partes burocráticas ou operacionais presentes no decorrer do processo.

Outra grande vantagem é que, por participar da licitação com autoridades no assunto, você evitará a desclassificação por erros que são comumente cometidos por pessoas inexperientes no assunto.

Gostou de conhecer mais  sobre Concorrência Pública? Continue acompanhando o ConLicitação e entenda o que é diligência.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *