Como Fazer Fluxo De Caixa

Está buscando mais controle financeiro sobre sua empresa? Então, uma das etapas para isso é saber como fazer um fluxo de caixa. Afinal, sem ele, provavelmente você terá problemas para gerenciar o negócio e pode até mesmo entrar em dívidas. 

Leia mais sobre o assunto neste artigo e aprenda!

O que é o fluxo de caixa?

O fluxo de caixa engloba todos os recursos financeiros que entram e saem da sua empresa. Ou seja, a receita e os gastos existentes. 

Você pode realizar o processo diariamente, semanal, mensal ou anualmente. É preciso ter esse acompanhamento para criar planos de ação e evitar surpresas desagradáveis.  

Ao fazer um fluxo de caixa, você obtém uma visão real da situação financeira do seu negócio, abrindo portas para tomadas de decisões mais precisas.

Mas como fazer um fluxo de caixa?

O processo é fácil e a dica é ter bastante organização e se dedicar diariamente. 

A melhor maneira é criar uma planilha e dividi-la em saídas e entradas. 

Na coluna de saídas, coloque gastos com:

  • fornecedores;
  • despesas fixas — conta de água, luz, telefone, internet, salário de colaboradores, aluguel, taxas bancárias, entre outros; 
  • despesas variáveis — aquelas que não acontecem sempre ou variam muito, mas podem surgir no seu dia a dia, como investimentos, emprestimos, obras, troca de equipamentos, fretes, comissões de vendas, etc. 

Já em entradas, você deve listar tudo o que recebe de capital para a empresa por meio de vendas, prestação de serviços ou aplicações financeiras. Separe as vendas à vista, os cheques pré-datados, entre outros.

O mais ideal é preencher esse documento diariamente. Ao fim do período que você determinar (dia, semana, mês ou ano), some todas as entradas e saídas separadamente e depois realize a subtração das duas. A conta ficará assim:

Entradas – saídas = seu fluxo de caixa. 

Como saber se minha empresa está lucrando?

Para entender o quanto de lucratividade teve no período, basta verificar se a soma das entradas é maior do que a das saídas. Você precisa ganhar mais do que gastar. 

Caso note que está acontecendo o contrário, ou seja, suas despesas são superiores às receitas, é preciso ter cuidado, pois significa que está perdendo dinheiro e tendo prejuízo.

Neste momento, é preciso tomar ações para conseguir consertar o erro. Identifique onde você pode economizar: uma simples troca de lâmpadas pode fazer seus gastos diminuírem consideravelmente.

É possível, também, criar campanhas de conscientização e sustentabilidade dentro da empresa, orientando os colaboradores com boas práticas, como apagar as luzes quando não estiver usando a sala, evitar o desperdício de papel na cozinha e no banheiro, cada um ter a sua própria caneca, entre outras.

Se economizar não é uma opção, resta aumentar o lucro: avalie se você está vendendo produtos ou serviços com preços baixos ou se é possível aumentar o número de vendas. 

 O que é fluxo de caixa projetado?

Agora que já entendeu sobre fluxo de caixa, vamos dar um passo adiante e falar agora sobre o fluxo de caixa projetado?

Se quer realmente obter lucro, ter mais controle financeiro e otimizar seu tempo, o fluxo projetado é importantíssimo! Nele, você deverá pensar nos gastos e receitas do futuro. Por exemplo, caso saiba que terá uma conta para pagar daqui 30 dias, deve colocar já esse valor em sua planilha, em uma nova coluna. 

O mesmo serve para recebimentos futuros. Dessa forma, consegue identificar se o quanto você tem em caixa será suficiente para os próximos dias. Isso é agir de forma inteligente e prevenir prejuízos. Você pode até mesmo identificar gargalos muito extensos entre o tempo que tem para receber de um cliente e o dia que vence as contas da empresa, por exemplo. 

Tomando todas essas ações, será possível administrar seu negócio de maneira mais eficiente, assertiva e com projeções futuras que sejam alcançáveis!

Gostou de aprender mais sobre como controlar a saúde financeira de sua empresa? Deixe seu comentário sobre o que achou e siga acompanhando as notícias no Portal ConLicitação.

Aproveite e leia também: como fazer um planejamento orçamentário.

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acompanhe nossas últimas atualizações