Analista de Licitação: o que é e o que faz?

Vivemos tempos de recessão econômica e as previsões para o Brasil não são nada otimistas. Com um risco cada vez maior de desemprego, muitos decidiram buscar novas alternativas para aumentar a empregabilidade, garantir renda e (principalmente) estabilidade de vida.

Uma das grandes apostas do mercado é a profissão de Analista de Licitação. Isso porque o governo brasileiro, mesmo diante da crise econômica e da pandemia, não parou de comprar. 

Este fato pode ser verificado tanto pelo Portal da Transparência, quanto pelo próprio banco de dados do ConLicitação, maior plataforma de divulgação de negócios públicos do país. 

Mesmo numa crise, o governo continua comprando porque as instituições públicas precisam funcionar, mesmo quando tudo o mais fica paralisado no país. 

Eis porque quando falamos do Analista de Licitação estamos falando de uma profissão que não está sujeita aos efeitos de uma crise. E todos os dias surgem boas oportunidades para quem está envolvido neste mercado. 

Se você verificar na Bolsa de Empregos do ConLicitação, poderá atestar esta informação gratuitamente. Diariamente nosso banco de dados é atualizado com a divulgação de novas oportunidades de emprego para quem quer trabalhar na área. 

Oportunidades publicadas na Bolsa de Empregos do ConLicitação…

A média salarial de um Analista de Licitação gira em torno de 2 a 4 mil reais e a graduação mais comum é em Administração, embora não seja regra, nem exigência. 

Portanto, a profissão de Analista de Licitação é uma excelente aposta para quem busca um trabalho à prova de crises e instabilidades. 

O que faz um analista?

Basicamente, o Analista de Licitação é o profissional que faz a ponte entre as empresas e o governo. Ele faz isso participando de um processo chamado Licitação. 

Sempre que um órgão público quer contratar qualquer coisa, deve fazer uma licitação – salvo casos onde a licitação é dispensada ou inexigível

Funciona mais ou menos do seguinte modo:

  1. Órgão público abre um Edital solicitando uma quantidade X de produtos que atendam tais e tais requisitos; 
  2. Várias empresas se candidatam para fornecer este produto; 
  3. Na data e hora marcada no Edital, o órgão público dá início ao processo licitatório; 
  4. A empresa que cumprir todos os requisitos estabelecidos no edital e tiver o menor preço, ganha a licitação; 

Claro que esta é uma representação (bastante) simplista de um processo complexo, mas este é o roteiro que geralmente é seguido.

Neste sentido, o Analista de Licitação é o profissional especializado em participar de licitações, representando uma empresa e buscando as melhores estratégias para que ela tenha sucesso nessa empreitada. 

O que o Analista de Licitação deve conhecer?

Infelizmente, muitas pessoas ainda enviam currículos para vagas de Analista sem terem preparo adequado: daí a grande dificuldade que as empresas possuem para encontrarem o melhor profissional.

Para ser um bom Analista de Licitação você deve ter conhecimento basilar em Direito Administrativo e saber como interpretar as normas jurídicas relativas ao mundo das licitações.

Embora o Ensino Superior não seja exigido em todas as vagas, seria bom buscar um curso capacitante. Isso porque qualquer erro cometido em uma licitação pode gerar sanções e multas severas para a empresa. É uma profissão de responsabilidade.

O Instituto Licitar, empresa do Grupo ConLicitação, oferece uma gama de cursos online, com emissão de certificados, que podem prepará-lo para os desafios da profissão. 

Com uma metodologia e didática diferenciada você poderá adquirir, numa única tacada, toda a experiência teórica e prática que é exigida como Analista. E o melhor: ainda terá em mãos um certificado emitido pela maior empresa de divulgação de negócios públicos do país

Este é o melhor caminho para quem quer entrar (com segurança) nesta profissão…

Mas e você? 

Já atua na área? Pretende seguir este caminho?

Compartilhe conosco sua experiência nos comentários. 

Um grande abraço e ótimos negócios!

5 respostas

  1. Iniciamos um trabalho com licitação. Estamos adquirindo experiência na própria prática e, estudando os editais e buscando esclarecer as dúvidas que surgem. Uma das fontes onde buscamos orientação é a própria Conlicitação, com quem firmamos um contrato.

    1. Que legal, Waldemir!

      Do lado de cá esperamos que a nossa parceria seja longa e próspera!

      Conte sempre com a gente, viu?

      Um grande abraço e ótimos negócios!

  2. Preciso de um curso que ensine a fazer recursos, impugnações , realinhamento de preços, troca de marcas, coisas bem especificas e rotineiras neste setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acompanhe nossas últimas atualizações