Artigos

Dicas Legais

3 Dicas de Como Organizar Documentos para Licitação

3 Dicas de Como Organizar Documentos para Licitação

As compras governamentais são extremamente lucrativas para as empresas que desejam alavancar os lucros com vendas em massa. Entretanto, é primordial ter em mente que para realizar a habilitação com sucesso é preciso saber como organizar documentos para licitação.

Por que é importante organizar documentos para licitação?

A documentação é um dos requisitos mais importantes da licitação. Inclusive, possuem um teor desclassificatório, onde muitas empresas acabam sendo eliminadas nas primeiras etapas do certame justamente por não entregar ou não estar com toda a papelada em dia.

Por isso, antes de habilitar a empresa em uma licitação, certifique-se de que tem em mãos todos os documentos e que eles estejam dentro da validade, livre de rasuras e com todas as assinaturas necessárias.

3 dicas para separar e organizar os documentos

Para ajudar a saber como organizar documentos para licitação, preparamos um checklist com dicas simples e práticas para que possa utilizar como roteiro.

Em, aproximadamente, uma semana, você conseguirá estar com todos os documentos organizados e preparado para encarar a concorrência.

  1. habilitação jurídica: comprova a existência e o funcionamento da empresa — contemplando os sócios e representantes — e a real aptidão da administração para assumir as responsabilidades e obrigações. Em regra deve-se apresentar o contrato social consolidado ou Estatuto, conforme o caso ;
  2. regularidade fiscal: afirma que a empresa está em dia com todos os deveres tributários (estaduais, federais e municipais), assim como a seguridade social da empresa e o fundo de garantia. A maioria destes documento são obtidos pela internet;
  3. qualificação técnica: reúne os requisitos profissionais genéricos ou específicos da organização, demonstrando sua capacidade técnica para entregar o objeto da licitação;
  4. qualificação econômico-financeira: demonstra a saúde financeira da empresa  — Balanço Patrimonial, Certidão Negativa de Falência e Concordata são alguns exemplos de comprovações desse quesito;
  5. documentos complementares: Declaração de Superveniência de Fatos Impeditivos e Declaração de Emprego de Menores.

Apesar deste checklist ser um grande auxílio para você saber como organizar documentos para licitação, é de suma importância ler atentamente o que é solicitado em cada edital. Afinal, eles podem apresentar algumas peculiaridades.

Este artigo foi útil para você? Então não deixe de planejar-se com antecedência e assegurar-se de que o negócio está fielmente regularizado nas leis do país.

Aliás, se você deseja ingressar nos processos licitatórios, conheça o ConLicitação, empresa líder e especializada na divulgação de negócios públicos e que está pronta para auxiliar você durante o processo.

Aproveite e continue acompanhando o nosso portal para se manter informado e atualizado acerca de assuntos do meio, além de entender a relevância de uma assessoria em licitações.

Posts Relacionados

1 Comment

  1. Avatar
    Milton p

    Muito bom ótimo obter conhecimentos sobre licitações pública eu tô iniciando no seguimento

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *