Notícias

Prazo para a apresentação de propostas para licitação do VLT é prorrogado

20/04/2012 | | ,

Publicação do Extra MT de 20 de abril de 2012

Modelo de VLTRodrigo Vargas

A Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo Fifa 2014 (Secopa) decidiu prorrogar em 22 dias o prazo para a apresentação de propostas para licitação do VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos) de Cuiabá e Várzea Grande.

A sessão de abertura dos envelopes, antes marcada para a próxima segunda-feira (23), será agora realizada no dia 15 de maio – 25 meses antes da abertura da competição.

Em nota, a secretaria disse que a medida foi tomada para atender a “diversas empresas” que solicitaram “um prazo maior para montar as propostas, uma vez que a obra envolve áreas complexas nos ramos da engenharia e tecnologia”.

“A complexidade das propostas da maior licitação já realizada em Mato Grosso e a necessidade de atender a todas as exigências técnicas e da legislação justificam o pedido das empresas participantes”, disse o secretário-adjunto Maurício Guimarães.

Não se trata do primeiro adiamento. Inicialmente lançado em 20 de fevereiro, o edital da licitação teve de ser republicado 15 dias depois para atender ao Tribunal de Contas da União (TCU) – que considerou insuficiente o prazo destinado à consulta pública.

O DIÁRIO apurou que, além de demandas por prazo, a Comissão de Licitação recebeu contestações técnicas e pedidos de impugnação ao edital em um volume muito acima do esperado.

A obra tem custo estimado de R$ 1,1 bilhão, um contestado prazo de 24 meses e será licitada por meio do Regime Diferenciado de Contratação (RDC) – modelo criado pelo governo federal para acelerar as obras ligadas à Copa de 2014 e à Olimpíada de 2016.

Entre as alterações promovidas pelo RDC está a possibilidade de abrir concorrência a partir de um “anteprojeto de engenharia”, sem projetos básico ou executivo.

O adiamento do processo ocorre em meio às turbulências causadas pela demissão do secretário Eder Moraes, cuja saída foi oficializada ontem no Diário Oficial.

Até a conclusão desta edição, o governador Silval Barbosa (PMDB) ainda não havia confirmado o nome do novo secretário. O governador disse não acreditar que a mudança vá prejudicar o andamento dos projetos relacionados à Copa.

GREVE SUSPENSA – Ontem, o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de Cuiabá e Municípios divulgou nota anunciando a suspensão da ameaça de paralisação dos trabalhadores da obra da Arena Pantanal.

Os operários, que reivindicam aumento salarial de 40%, plano de saúde, vale-alimentação no valor de R$ 300 e melhorias na assistência médica no canteiro, decidiram aguardar até o final do mês.

“[Os trabalhadores] resolveram suspender a paralisação e aguardar as negociações coletivas da categoria”, dizia a nota.